Linha do Tempo – A história da minha vida

Este é um resumo da minha vida. Uma linha do tempo de fatos e acontecimentos (não é a mesma coisa?!) que marcaram de alguma forma. Com certeza eu esqueci de muitas pessoas. Estou com 37 e não lembro de tudo né.

Quem tiver tempo e paciência acho que vale a pena. Ou não. Só tem um jeito de saber…

*Ano de 1974. Eu nasci. Elvis tinha acabado de morrer. Ou não.

*Em 1976 me perdi dos meus pais num mercado. Se fosse hoje eles seriam processados.rs

*1980 destronquei o braço por duas vezes. Mas ter um gesso era sinônimo de status entre as crianças. Todos escreviam no gesso.

*1981 ganhei minha primeira bicicleta. Parecia que o mundo girava em torno de mim.rs

*1986 fui para a 5ª série. Medo. Vários professores. Pra que? Até então só tinha uma professora que ensinava tudo.rs

*1988 tive minha primeira namorada. Andréa Duarte. Namoro de criança. Coisa boba claro. Até hoje somos amigos.

*1989 conheci pela janela do apartamento no prédio da frente uma menina chamada Giuli. Nossa.Linda. A mãe era coreografa de um circo dos trapalhões. Ficamos algumas vezes. Do mesmo jeito que ela apareceu, ela sumiu.

*1990 a coisa começou a complicar.rs  Festas na escola. Novas alunas. E uma me chamou muita atenção. Ferrou. Me apaixonei. Namoro de criança né. Gostaria que fosse. O nome dela: Marilisa. Caramba. Como mexeu comigo. Adorei. Amei. Odiei. Mais pra frente vão entender. No mesmo ano o namoro acabou. Mas não o relacionamento. Neste ano tiveram varias decepções e emoções. Copa do Mundo. Etc.

*1991 eu aprontei. Ahhh eu aprontei. Comecei a ir na igreja Metodista em Pinheiros e conheci pessoas muito legais. Aprendi muita coisa com eles. Hoje em dia converso com poucos. A vida continua e nem sempre os caminhos são paralelos.

Neste mesmo ao eu peguei o carro do meu pai sem lenço e sem documento.rsss Tinha 17 anos. Graças a Deus não fui parado e não aconteceu nada. Mas eu queria sair com uma “amiga” e queria mostrar coragem e que era homem bla bla bla bla. Deu uma encrenca em casa!!!!!

Este também foi o ano que transei pela primeira vez. Foi bem … digamos assim… mecânico. Não. Não foi com um robô.rs

Depois disso conheci a Lara, filha de uma cliente da minha mãe que é cabeleireira. Conversavamos muuuiiittto por telefone e nos víamos algumas vezes. Mal eu sabia o que o futuro reservava.

No fim deste ano eu fui num dos acampamentos da igreja e conheci a Melissa. Linda. Meiga.Ficamos. E só. Pelo menos naquele ano.Mas ela me enganou na idade dela viu. Se tivesse falado a verdade eu não teria ficado com ela. Ainda bem que ela mentiu.rsss

*1992 a Lara se declarou pra mim. E eu também gostava dela já há algum tempo. Começamos a namorar.Mas eu não soube lidar com uma pessoa tão dócil, meiga e delicada. Eu deveria ter mais paciência naquela época. Eu era meio nervosinho e sem paciência. Durou 3 meses. Pena.

Tirei carta. Peguei o carro agora legalmente. E no mesmo dia que peguei o carro legalmente pela primeira vez…. PAAA!!! Bati. Fiquei da cor do Fusca branco do meu pai. Mas foi uma  ralada de leve. Já pra mim, não.rsss

Fiz um preparatório no Campo de Marte logo que me alistei.

*1993 eu conheci a Camille . Eu fui o primeiro namorado dela. Ela era nova e eu um moleque novo. Não nos víamos com muita frequência. Mas até hoje ela é uma das melhoras amigas que eu tenho. O bom é que ficou uma amizade franca até hoje.

Neste ano namorei outras mulheres mas não vem ao caso no momento.

*1994 compramos um carro zero.Ficamos com o Fusca (eu) e meu pai e minha mãe com o Golzinho 1000.  Revi a Lara. Saimos apenas uma vez como amigos. Nunca mais a vi.

Foi um ano meio bagunçado pra mim. Aprendi muito. Terminei o 3º ano do colégio no Caetano de Campos. Chega. Agora eu queria só farra.rsss

*1995 eu comecei a namorar sério. Com quem? Com a Marilisa. Lembram dela la atrás? Pois é. Eu nunca desisti de namorar novamente com ela. Na outra época eramos muito novos. Namoramos por longos 3 anos e meio. Não foi o melhor namoro que eu tive não. Mas foi o que mais me marcou. Mais raízes deixou. De que tenho mais lembranças. Eu precisava viver aquele relacionamento para me desligar dela de alguma forma e de viver muitas coisas para aprender outras. Durou até 1999. Agradeço a ela por muitos momentos vividos desde a escola.

*1997 vendi o Fusca e comprei o Gol da minha mãe. Bem melhor.rs

*1999 eu estava triste com o termino do namoro com a Marilisa. Mas eis que ressurge outra pessoa maravilhosa em minha vida. Melissa. Ela reapareceu do nada. Nós namoramos no passado mas não durou nada. Eu com 20 e ela com 15. Não rolou muito tempo. Mas agora era diferente. Mais maduros e vividos nós começamos a namorar. Foram 1 ano e 4 meses intensos. Único problema é que éramos de leão e o gênio praticamente igual. Foi bom enquanto durou. Em 2000 terminamos .

*2001 foi um ano estranho. Eu trabalhava num distribuidor de informática. Sai de la. E fiquei meio perdido.

*2002 as coisas começaram a melhorar. Comprei minha primeira moto. Uma Twister. Era show a moto.

No mesmo ano eu estava namorando a Lóren. Ela morava no mesmo prédio que eu. 9 anos mais nova que eu. Doido né. Ela também.rsss

Comecei a trabalhar em um lugar muito legal. Tech Data.em consequência o namoro com a Lóren foi pro vinagre. O Tico veio e já esta com 10 anos. Hoje ele é ujm gato quase surdo e, por isso, mia alta pra caramba. Chato.rs

Conheci a Cibele. Pessoa sensacional. Na verdade eu já conhecia. Mas neste ano conheci melhor.rs Gosto muito dela. Grande amiga até hoje.

Outras pessoas passaram em minha vida em 2002 mas não foram expressivas.

*2003. Aqui começa uma mudança. Grande mudança e talvez a mais longa, intensa, e bonita das histórias.

No primeiro dia no emprego novo eu conheci a recepcionista. Priscilla Guerra. Ela odiava motoboy e eu estava com capa de chuva, pois eu estava de moto e estava chovendo. Fui muito mal recebido por ela. Vinte dias depois estávamos namorando.rs Magrinha. Estilo modelo. Eu dizia que ela não andava. Ela desfilava.

Fui morar sozinho e dias depois sai do emprego. Mas nós continuamos.

*2004 meu pai ficou ruim. Eu comecei a ficar sem grana. Vendi a moto. O carro. Fui morar com meus pais novamente. Como era bom morar sozinho viu!!!

Consegui emprego na B4B. Era um recomeço da subida. Fui melhorando de pouco e pouco. Fui tão bem que ganhei um premio como funcionário do ano na B4B. Uma bolsa de estudos por um ano.

*2005 eu voltei para a faculdade. E no meio de 2005 a Priscilla também começou faculdade. Como era longe da casa e do serviço ela veio morar comigo.

Comprei minha segunda e atual moto. Zero.

Meu pai faleceu. Tristeza. Remorso. Muitos sentimentos juntos. Algumas merdas boiaram.

Eu e a Priscilla fomos para Floripa antes do natal. Ela nunca tinha viajado de avião.  A imagem do rosto dela. Do semblante quando o ela viu o avião na pista e principalmente quando decolou só eu tenho. Só eu lembrarei e ninguém vai tirar isso de mim. Foi emocionante. Parecia uma criança voando pela primeira vez. E era.

Floripa é maravilhosa. Eu recomendo.

*2006 minha mãe teve um AVC. Se não fosse a Priscilla ter me ligado eu não iria para casa. Eu ia para a faculdade. Foi este telefonema que salvou a vida da minha mãe. Serei sempre grato.

Tranquei a facul para cuidar da minha mãe. Porem sempre tive ajuda da Pri. Sempre. Ia com ela ao médico. Fisio. Exames, etc. Obrigado.

A recuperação foi lenta e difícil. Mas foi bem.

*2007 eu conheci o João Duarte ou mais conhecido como JD. Ele é um entusiasta da Suzuki Yes e descobriu alguns macetes para melhorar a moto. Por causa dele fui no Ibira Moto Point. Despensa comentários.

Virei radioamador. Sempre quis ser um. Meio tarde para isso. Melhor do que nunca né. Mas foi bom pois conheci muita gente legal. Entre eles o Carlão (PY2VM), o Fabrio (esqueci o indicativo), o Edson Junior (PU2UBL), entre outros. Entrei nessa para ouvir os pilotos de avião no radio.

*2008 eu tive um acidente de moto meio grave um dia depois do enterro da minha tia Cheli. Minha mãe com AVC e problema no coração eu vou falar como? Cai na Marginal Pinheiros. 30 dias de perna pro ar. A Priscilla nunca mais andou de moto comigo por causa do acidente.

Quando me recuperei para sair da cama eu sai da B4B e entrei na Tech Data novamente. Barueri sempre me perseguiu.rs Só consegui dobrar o joelho e andar de moto novamente meses depois.

*2009 eu e a Pri brigamos e nos separamos. Sai da Tech Data. O inferno começava.

3 ou 4 meses depos voltamos a namorar. Passamos um tempo na praia. Mas nunca mais o namoro foi o que era antes. Nunca. Eu deveria ter ouvido um grande amigo meu chamado Marcos Bahia (primo da Melissa lembram?) que me disse para eu seguir minha vida que já era o relacionamento. Não dei ouvidos.

*2010 a coisa piorou. Emprego ruim. Brigas e mais brigas no namoro. Tava muito difícil.

Entrei para o moto grupo Route 73 Radioamadores Motociclistas. Conheci muita gente legal. O presidente do grupo, Celso (PY2CM). Gente legal no grupo e no Ibira Moto Point. Alias sempre tinha muita mulher bonita por lá. Confesso que como eu namorava eu era meio bobão. Não olhava para a mulherada. Era fiel (ou trouxa né). Mas as vezes uma menina me chamava atenção. Eu só cumprimentava de oi e tchau.  Mas ela tinha um charme diferente. Tinha algo nela que não era nada comum. Ela se sobre saia. Não sei. Meio que apaguei seletivamente qualquer coisa que eu sentisse ali. Eu  estava namorando né. Mais pra frente saberão quem é.

*2011 eu comecei o ano de emprego novo. Mas logo mudei para a Casa do Notebook onde estou até hoje.

O namoro terminou. Era inevitável. Insustentável. Terminei. Foi um alivio para os dois provavelmente. Foram 8 anos de namoro. O melhor  e aquele que tive oportunidade de conhecer a pessoa totalmente. Tudo. Foi a única que depositei tudo que eu acreditava e apostava para o futuro. Pena . Errei. Mas como dizia Renato Russo “o pra sempre , sempre acaba”. Que seja bom enquanto dure. E foi muito bom, enquanto durou.

Fiquei muito triste. Melancólico. Down. Bem down. Ai para me ajudar o Ibira Moto Point voltou. Tinha parado por reformas no Ginásio do Ibirapuera. Voltaria a ver muita gente. E reencontrei mesmo. Lembram daquela menina que eu falei do Ibira Moto Point? Estava lá. O nome? Rsss Priscilla. Sim. Mas o sobrenome era outro. Priscilla Amaral. Me vi tirando uma foto com o povo de vários grupos de moto e ela no meio. Na semana seguinte começamos a bater bapo. Ela foi me convidando para alguns eventos. Festas.Passeios de moto. Nos falávamos horas por telefone e durante o ano a coisa foi aumentando e aumentando (…).

*2012. Hoje namoro com ela. Quem? Priscilla. A Amaral, gente.rs Somos muito diferentes em muitas coisas. Talvez seja essa diferença que nos atrais. Chega de mais do mesmo né.

Mas nos gostamos muito e cada um tem sua moto. A paixão por moto é na mesma intensidade. Ela é simplesmente sensacional. Ainda bem que desta vez eu não estava namorando né.rs

Espero escrever mais páginas dessa história. Que seja bom enquanto dure.

Continuação…

E foi bom enquanto durou. Fizemos algumas viagens juntos. Conheci pessoas maravilhosas onde alguns eu ainda tenho contato e outros não.

Em Dezembro de 2012 o namoro acabou mas continuamos amigos.

Decidi ficar um tempo sozinho. Curtir. Pensar na vida. Fazer coisas que gosto como sair na balada e voltar 7hs da manhã e dançar até doer as pernas. E também conhecer gente nova.

No carnaval de 2013 fui para PETAR (Parque Estadual Turístico do Alto Ribeira) e lá conheci pessoas muito legais. O guia foi uma figuraça. rs Também conheci a Denise, mais conhecida como Deh. Mas naquele momento foi apenas “oi tudo bem?” e não nada.

As cavernas do PETAR foram incríveis. Algo sensacional e fora do comum. Vale a pena (12KM de estrada de terra molhada pra chegar na pousada em Iporanga. Detalhe. De moto. Pensa!!!). Eu recomendo!!!

Logo depois do carnaval eu fiz minha primeira tatuagem. Apenas demorei uns 10 anos pra escolher qual. Dói. Bastante. Mas nada que mate alguém. Mas se você não suporta dor, não faça.

E ai conheci uma pessoa e começamos a sair. Mas eu não queria me enrolar. Não queria nada sério. Apesar dela concordar com isso , ela queria algo sério. Resultado: não deu certo e a menina surtou e começou a me perseguir, mandar SMS e e-mails malucos cobrando coisas como se fôssemos casados. Tive que fazer algo que nunca fiz já que conversar não adiantava. Sumi. Me fingi de morto. E ainda sim ela me perseguia. Demorou mas…. se aquietou.

Ai aconteceu algo extraordinário. Lembram da Deh lá em PETAR? Pois é. Começamos a conversar. Do nada. Ai marcamos de sair. Mas eu não queria nada serio. Não queria me enrolar. E ela também não. Só que as coisas foram caminhando muito bem. E eu fui gostando cada vez mais dela. E cada vez mais. E quando estava bom, ela foi viajar. Quase um mês fora. Então me veio a cabeça fazer algo que nunca fiz. Assim que ela voltar de viagem vou pedir ela em noivado. Estava determinado. Mas nunca estive não determinado e certo do que fazer. E no dia que ela voltou de viagem eu pedi ela em noivado e ela aceitou. Estamos noivos há mais de 2 meses e acredito que em um ano e meio estaremos casados.  Eu a amo demais da conta. E graças a Deus ela também tem moto e é de moto clube. Isso é muito bom. Bom. Voltarei aqui para atualizar a minha linha do tempo assim que mais algo acontecer de importante ou uma viagem muito legal. Tenho certeza que não demorará!!!!!

 

About these ads

Sobre andresoos

Melhor não comentar. rs
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Linha do Tempo – A história da minha vida

  1. Mille disse:

    Amei…. Faço parte da sua história há muuuuuito tempo! Como isso é bom!!! Te adoro demais, meu amigo querido!!! Bjs

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s